Coompe RJ

Coompe RJ

Latest Posts

BMW Concept M4 GTS

Em um concurso de elegância em Monterrey nos EUA, a divisão de esportivos da montadora alemã mostrou o modelo Concept M4 GTS que é uma versão mais quente do coupé, que chega ao mercado em 2016.

O modelo traz um divisor dianteiro ajustável manualmente e aerofólio traseiro e, fibra de carbono, além do capô em plástico com reforço em fibra de carbono, proporcionando redução do peso do carro e de seu centro de gravidade. O modelo ainda possui na dianteira uma nova entrada de ar, que melhora o fluxo e reduz a elevação do eixo dianteiro.

A pintura traseira é em cinza escuro metálico e detalhes em laranja. As rodas são de 19 polegadas na dianteira e 20 na traseira. Os freios são de carbono-cerâmica e lanternas traseiras em OLED. Procure por revendas de carros em curitiba.

O motor da Concept M4 3.0 litros Biturbo de 6 cilindros e um sistema de injeção à água. Esse sistema aumenta a potência e torque do propulsor por meio de uma temperatura de compressão mais baixa na câmara de combustão, além de uma maior pressão no turbo.

Imobiliárias não podem cobrar corretagem do comprador

Ministério Público do Estado de São Paulo firmou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a Abyara Brokers (intermediadora de vendas), no qual a empresa deve cobrar as despesas de corretagem diretamente da construtora que está vendendo o imóvel, proibindo que essa cobrança seja feita diretamente do cliente, são dicas da imobiliaria mota curitiba.

O acordo prevê que a construtora deve colocar nas propostas de compra e venda dos imóveis a informação de que a responsabilidade pelo pagamento da corretagem não é do consumidor. De acordo com as imobiliárias consultadas, essa cobrança sempre foi indevida. Os consumidores, empolgados com a aquisição da casa própria, acabam não percebendo esta cobrança. Os valores podem chegar a representar 6% do valor do imóvel. Se o preço de compra do imóvel é R$ 300 mil, as taxas de corretagem seriam de R$ 18 mil, uma quantia significativa.

O Código de Defesa do Consumidor garante ao consumidor a restituição dos valores pagos e cobrados indevidamente, mas ele precisa ingressar com uma ação para ressarcimento. Diversas decisões judiciais vêm condenando as empresas que praticam essa cobrança, tanto construtoras quanto intermediadoras. Espera-se que o TAC seja um forte aliado nessas decisões.